Breaking News

Explosão deixa ao menos 32 mortos em show de Ariana Grande

A polícia britânica trata como um incidente terrorista a explosão registrada durante o show em Manchester


Londres – Uma explosão na noite desta segunda-feira em um show na cidade inglesa de Manchester, onde a artista norte-americana Ariana Grande se apresentava, deixou pelo menos 19 mortos e cerca de 50 feridos, no que a polícia britânica trata como um incidente terrorista.
A polícia disse que estava respondendo a relatos de uma explosão e que havia mortes confirmadas e outros feridos.
Uma testemunha que estava no show disse que sentiu uma grande explosão ao sair da arena, seguida de gritos e correria, com milhares de pessoas tentavam escapar.
“Estávamos saindo e quando estávamos logo ao lado da porta houve uma grande explosão e todo mundo estava gritando”, disse à Reuters Catherine Macfarlane, que assistia ao show.
“Foi uma grande explosão — deu pra sentir no peito. Foi caótico. Todo mundo estava correndo e gritando e só tentando sair.”
Testemunhas afirmaram que muitas crianças estavam no show.
A Manchester Arena, maior arena coberta da Europa, foi inaugurada em 1995 e tem capacidade para 21 mil pessoas, segundo o site. É um local popularmente usado para shows e eventos esportivos.
Um porta-voz da gravadora de Ariana Grande disse que a cantora de 23 anos estava bem. Um vídeo postado no Twitter mostra fãs gritando e correndo ao tentar sair do local.
O Reino Unido está no nível de alerta “severo”, o que significa que um ataque de militantes é considerado altamente provável.