Breaking News

Morte violenta de agente de Cristiano Araújo comove sertanejos

Didi Latino foi baleado na cabeça. Socorrido por policiais, chegou a ser operado, mas não resistiu.


Cantores sertanejos usaram as redes sociais para expressar espanto e lamentar a morte violenta de D’Stefany Vaquero Lima, empresário e produtor de vários nomes da música, como a dupla Humberto e Ronaldo e o cantor Cristiano Araújo, também morto de forma trágica, há dois anos. Didi Latino, como era conhecido, foi encontrado ferido por policiais no Estado do Rio, levado a um hospital e operado, mas não resistiu. Ele foi baleado na cabeça.
pesar do ferimento, Didi foi encontrado consciente e caminhando pela rodovia Rio-Santos, na região de Muriqui (RJ). Ele foi levado pela polícia para o hospital Hospital Municipal Victor de Souza Breves, em Mangaratiba, e, embora consciente, não conseguiu explicar as circunstâncias em que foi baleado.
Foi aberta uma investigação para entender o caso. Quando encontrada, a vítima portava um passaporte, dois cartões de crédito e 500 reais em espécie. Didi Latino é natural de Goiânia e atualmente morava em Fortaleza.
ouve repercussão entre sertanejos, como Matheus, da dupla Matheus e Kauan, e o cantor Thiago Brava: