Breaking News

Agentes Penitenciários são presos por ‘terem recebido dinheiro para facilitar fuga de presos

A Polícia Civil do Estado de Goiás da cidade de Piracanjuba, coordenada pelo Delegado de Polícia Tommaso Leonardi, com o apoio da SEAP e da Regional Prisional Sudeste, cumpriu mandados de prisão preventiva dos Vigilantes Penitenciários Temporários, Luiz Fernando Ribeiro e Antenor José Damascena e Silva, investigados por terem recebido dinheiro para facilitar a fuga de 13 presos da Unidade Prisional local, no sábado passado.

Segundo informações, as investigações preliminares restaram constatadas forneceram para os para os presos a arma utilizada na fuga, simulando terem sido rendidos, entregando diversas armas para os fugitivos e possibilitando suas fugas. De acordo com o delegado responsável pelo caso, 'ao analisar as filmagens da Unidade Prisional percebe-se claramente que o procedimento adotado pelos investigados foi errado, sendo que o VPT Antenor é rendido de forma totalmente amadora, enquanto Luiz Fernando se vira na hora da ação dos presos, entregando sua espingarda, de calibre 12, sem qualquer resistência, de forma totalmente suspeita. Ademais, existem diversos elementos que comprovam que os investigados já agiam de forma ilícita, recebendo valores e favores de presos, entregando-lhe drogas e celulares, além de existirem testemunhas que comprovam que os investigados facilitaram na fuga'.
Sendo assim, o delegado Tommaso Leonardi representou pela decretação de suas prisões preventivas, tendo sido decretadas judicialmente e cumpridas no dia de hoje [10]. Ambos os vigilantes estão sendo investigados pela prática de corrupção passiva circunstanciada, facilitação de fuga de pessoas presas qualificada e porte ilegal de arma de fogo. 
[Agência Press com informações da Policia Civil de Goiás | Delegado Ricardo Chueire]