Idade é só um número! Dez astros do cinema que viveram mais de 100 anos - PALMELO NEWS

Breaking

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Idade é só um número! Dez astros do cinema que viveram mais de 100 anos



São poucos os que conseguem superar a barreira dos 100 anos. E entre os astros do cinema não é diferente. A lista de atores e atrizes que viveram mais de um século também é reduzida. Para muitos, a atriz de origem indígena Tatzumbia Dupea teria vivido 120 anos. O holandês Johannes Heesters, que chegou a se apresentar na Alemanha nazista de Adolf Hitler, chegou aos 108 anos. Dona de dois Oscar de melhor atriz, Luise Rainer viveu até os 104 anos. Abaixo, esses e outros astros do cinema que tiveram uma vida longeva.

Tatzumbia Dupea



Divulgação
Imagem: Divulgação

A atriz americana de origem indígena Tatzumbia Dupea teria vivido 120 anos. Segundo o IMDb, site especializado em cinema, ela nasceu em julho de 1849 e morreu em fevereiro de 1970. Tatzumbia é conhecida por ter participado de dois filmes em Hollywood: “Buffalo Bill” (1944) e “Assim São os Fortes” (1951). Nas duas produções, fazia papel de uma indígena.

Johannes Heesters


Divulgação
Imagem: Divulgação

O cantor e ator holandês Johannes Heesters morreu em 2011 aos 108 anos de idade. Ele participou de filmes como “O Morcego” (1946), “Professor Nachtfalter” (1951), "A Rainha do Palco" (1958) e “Vítor e Vitória” (1957). Heesters ficou marcado por ter feito shows na Alemanha nazista de Adolf Hitler. Ele interpretou mais de 1.500 vezes um de seus principais papeis, em "A Viúva Alegre", uma opereta do compositor Franz Lehar. 

Lupita Tovar


Divulgação
Imagem: Divulgação

A atriz mexicana Lupita Tovar ficou famosa por estrelar a versão em língua espanhola de Drácula, em 1931. Lupita morreu em 2016 aos 106 anos. Outro de seus sucessos foi “Santa” (1931), primeiro projeto mexicano falado. Também trabalhou em “Fanfarronadas” (1935), “Bloqueio” (1938), “La Voluntad del Muerto” (1930), “Two Gun Sheriff” (1941) e “The Fighting Gringo” (1939).

Doris Eaton Travis


Divulgação
Imagem: Divulgação

Nascida em Norfolk, no estado da Virgínia, Doris Eaton ficou conhecida como uma das famosas “Ziegfeld Girls”. Com figurinos glamourosos, essas dançarinas se apresentavam em musicais da Broadway entre 1907 e 1931. Como atiz, ela participou de produções como “O Mundo de Andy” (1999), “The Very Idea” (1929) e “Tell Your Children” (1922). Ela morreu em 2010, aos 106 anos, no estado de Michigan.

Mary Ellis


Divulgação
Imagem: Divulgação

A atriz americana Mary Ellis morreu em 2003 aos 105 anos. Entre seus principais filmes estão “Os Cavaleiros do Rei” (1935), “Bella Donna” (1934), “Paris in Spring” (1935), “Glamorous Night” (1937) e “Fatal Lady” (1936). Também participou de longas como “As Viagens de Gulliver” (1960) e “A Caixa Mágica” (1951).

Luise Rainer


Divulgação
Imagem: Divulgação

A atriz Luise Rainer morreu em 2014 aos 104 anos. Estrela de filmes como “Escapade” (1935), “A Grande Valsa” (1938), “Labirintos do Destino” (1937) e “Escola Dramática” (1938), Luise, que nasceu na Alemanha e construiu carreira de sucesso nos EUA, foi a primeira a ganhar duas vezes seguida o Oscar de melhor atriz, por seus papéis em “Ziegfeld - O criador de estrelas” e “Terra dos Deuses”.

Barbara Kent


Divulgação
Imagem: Divulgação

A atriz Barbara Kent tinha 103 anos quando morreu em 2011, no estado da Califórnia. Ela nasceu no Canadá, mas se destacou em Hollywood, onde participou de filmes como "A Carne e o Diabo" (1926), "Lonesome" (1928), "Haroldo Trepa-Trepa" (1930), "Emma" (1932), "Indiscreta (1931), "Oliver Twist" (1933) e "Triunfo às Avessas" (1927).

Kathleen Harrison


Divulgação
Imagem: Divulgação

A atriz britânica Kathleen Harrison morreu em 1995 aos 103 anos. Durante sua carreira, ela participou de produções como “Contos de Natal” (1951), “Oliver Twist” (1948), “A Noite Tudo Encobre” (1937), “Operação Conquista” (1961) e “Nosso Barco, Nossa Vida” (1942). Segundo o jornal inglês “Independent”, Kathleen estrelou mais de 80 filmes. 

Charles Lane


Divulgação
Imagem: Divulgação

O ator norte-americano Charles Lane, cujo nome verdadeiro é Charles Gerstle Levison, morreu em 2007 aos 102 anos. Lane participou de produções como “A Felicidade Não se Compra” (1946), “Suprema Conquista” (1934), “Bola de Fogo” (1941), “Quem Matou Vicki?” (1941), “Sedução do Pecado” (1928), “O Médico e o Monstro” (1920), “Um Amor de Professora” (1958) e “Um Amor de Vizinho” (1964).

Bruce Bennett


Divulgação
Imagem: Divulgação

Medalhista de prata no arremesso de peso na Olimpíada de 1928, o americano Bruce Bennett, que se chamava Herman Brix antes da mudança de nome, tornou-se famoso por estrelar em 1935 o seriado “As Novas Aventuras de Tarzan”. Também participou dos filmes como “O tesouro de Sierra Madre” (1948), “Alma em Suplício” (1945), “Original Pecado” (1943) e “Prisioneiro do Passado” (1947). Ele morreu em 2007, dois meses antes de completar 101 anos.

VEJA MAIS