Breaking News

Procurador: deputado que apoiar Temer deve ser punido nas urnas

Carlos Fernando dos Santos Lima quer lista com nomes de parlamentares que barrarem denúncia contra presidente; ‘não vamos nos esquecer deles nas eleições’

Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos procuradores que atuam na força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, defendeu em seu perfil no Facebook que seja feita uma lista com os nomes dos deputados federais que votarem para barrar a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara e que eles sejam depois “punidos nas urnas”.
“Câmara dos Deputados: deixe que o Judiciário julgue a acusação contra Temer. Proponho que seja feita uma lista com o nome de cada deputado federal que votar contra ou fugir da votação do recebimento da denúncia contra Temer. Não vamos nos esquecer deles nas próximas eleições. Que sejam todos punidos pelas urnas”, escreveu.

(Reprodução/Reprodução)
A denúncia contra Temer por corrupção passiva, feita pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot, precisa da aprovação de 2/3 dos deputados federais (342 votos) para ser analisada pelo Supremo Tribunal Federal. O governo acha que hoje tem esses votos e trabalha para enterrar a acusação o mais rápido possível.
Carlos Fernando fez ao menos 11 posts nas últimas 24 horas, criticando desde os partidos PT, PMDB, PSDB, PP (“todos contra as delações”), as “organizações criminosas” incrustadas no PT e no PMDB, a tentativa do ministro Gilmar Mendes, do STF, de rever a delação da JBS (“Gilmar Mendes não pode prevalecer”, e até os eleitores que apoiam a permanência de Temer por medo da volta do PT ao poder (“Ingenuidade. São exatamente iguais quando se trata de dinheiro”).

(Reprodução/Reprodução)