Breaking News

Psicóloga da Penitenciária de Catanduvas é morta a mando de facção criminosa



A psicóloga, Melissa, de 37 anos, trabalhava na Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná. Ela estava com o marido e o filho no carro da família e quando estacionaram na garagem de casa, foram abordados por bandidos armados com pistolas e fuzis. Neste momento, o marido que é policial civil, reagiu e trocou tiros com os criminosos. Um deles, morreu na hora, mas, os outros correram atrás de Melissa, que tentou se esconder, porém, foi morta na sala de casa com dois tiros de fuzil. Os ladrões foram presos e, na delegacia, confessaram que a ordem para matar Melissa partiu de uma facção criminosa. O esposo de Melissa passou por uma cirurgia e está internado.




NOS AJUDE CURTINDO NOSSA PAGINA NO FACEBOOK PALMELO NEWS E COMPARTILHEM NOSSAS MATÉRIAS