Breaking News

Avó e neto morrem em acidente que deixou mais três feridos na GO-139, em Caldas Novas


Uma mulher de 53 anos e o neto, de 4, morreram na manhã desta quarta-feira (26) em um acidente na GO-139, em Caldas Novas, na região sul de Goiás. Outros três parentes, incluindo uma menino de 9 anos, ficaram feridos.
A família tinha viajado a Caldas Novas e retornava para Itumbiara, a 150 km de distância. O carro em que eles estavam, um Chevrolet Prisma, foi atingido por um caminhão, por volta das 8h.
Testemunhas relataram à Polícia Rodoviária Estadual (PRE) que a motorista do automóvel não parou no trevo. “A motorista não parou e seguiu na rodovia, sendo abalroada na lateral por um caminhão carregado de areia, mas não sabemos os motivos de ela não ter parado, se houve falha mecânica, por exemplo. Só o laudo e a próprio relato dela poderão dizer”, explicou ao G1 o major Wellington Monteiro.
Identificada como Sônia Aparecida Rezende Siqueira, a passageira de 53 anos morreu no local. Já o neto chegou a ser socorrido, mas morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caldas Novas.

Feridos

De acordo com os policiais, a motorista, de 26 anos, era nora da mulher que morreu e mãe da criança que também não resistiu aos ferimentos. Também estavam no carro o marido da condutora, de 30 anos, e o outro filho do casal, de 9.
O Corpo de Bombeiros levou os três feridos à UPA de Caldas Novas. Segundo a unidade de saúde, a motorista tem quadro estável, está sob observação e deve passar por exames.
O marido da condutora também possui quadro estável. De acordo com a direção da UPA, ele sofreu fratura múltiplas de costela, braço e ombro e deve ser transferido para um hospital de Goiânia.
Já o filho do casal de 9 anos tem quadro grave. Ele foi encaminhado de Caldas Novas para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia.
G1 entrou em contato com o Hugol, mas não obteve retorno sobre o quadro do paciente até a publicação desta reportagem.
O caminhoneiro saiu ileso.


O carro em que a família viajava, um Chevrolet Prisma, foi atingido por um caminhão, por volta das 8h. Testemunhas relataram à Polícia Rodoviária Estadual (PRE) que a motorista do automóvel não parou no trevo.
“A motorista não parou e seguiu na rodovia, sendo abalroada na lateral por um caminhão carregado de areia, mas não sabemos os motivos de ela não ter parado, se houve falha mecânica, por exemplo. Só o laudo e a próprio relato dela poderão dizer”, explicou ao G1 o major Wellington Monteiro.
Identificada como Sônia Aparecida Rezende Siqueira, a mulher de 53 anos morreu no local. Já o neto chegou a ser socorrido, mas morreu na Unidade de Pronto Atendimento de Caldas Novas.
De acordo com os policiais, a motorista, de 26 anos, era nora da mulher que morreu e mãe da criança que também não resistiu. Também estavam no carro o marido da condutora, de 30 anos, e o outro filho do casal, de 9 anos.
O Corpo de Bombeiros levou os três feridos à UPA de Caldas Novas. Não há informações sobre o quadro de saúde deles.
NOS AJUDE CURTINDO NOSSA PAGINA NO FACEBOOK PALMELO NEWS E COMPARTILHEM NOSSAS MATÉRIAS