Breaking News

Criança de 3 anos e adolescente de 14 anos morrem carbonizados


FOGO NO CANAVIAL... CRIANÇA DE 03 ANOS E JOVEM DE 14 MORREM CARBONIZADOS...

Segue o fim de semana trágico nas rodovias goianas. Além das várias mortes registradas pela Polícia Rodoviária Federal, no início da tarde de domingo, 23/07, uma tragédia aconteceu no Km 06 da GO-210, em Santa Helena de Goiás.
Na tentativa de tentar responder aos questionamentos dos nossos leitores, ao invés de criar ainda mais dúvidas para quem nos acompanha, o Correio Sul Goiano já apurou algumas informações junto às autoridades competentes, faltando checar outras poucas.

O Corpo de Bombeiros de Santa Helena informou ao Correio Sul Goiano que quatro pessoas que moram em Santa Helena estavam em um VW Parati, trafegando no sentido Santa Helena para Turvelândia, quando por volta das 12h35, se depararam com muita fumaça na pista devido ao fogo em uma plantação de cana-de-açúcar.

Apuramos que mesmo com a situação de perigo iminente o condutor seguiu pela rodovia, em meio à fumaça passando muito próximo às chamas que se alastraram do canavial para o mato na beira da rodovia. Ou seja, o fogo não estava apenas no canavial, mas também nas margens da pista, devido à vegetação seca desta época do ano. Portanto, quem trafegava pela GO-210 naquele momento e local passava muito próximo às chamas.
Enquanto atravessava pela fumaça o condutor do veículo saiu do asfalto e entrou no meio do fogo, num barranco ao lado da pista de rolamento.
Ainda não se sabe o por que ele teria saído da pista. Especula-se que ele possa ter se desorientado pela fumaça ou tentado desviar de outro veículo que trafegava em sentido contrário, porém, nada disso ainda se confirma. Apenas um Laudo Pericial futuro deverá esclarecer as circunstâncias em que o acidente aconteceu.
Fato é que ao sair do asfalto e “mergulhar” no fogo, os ocupantes do carro ficaram sem chances de fuga. As chamas estavam altas e o barranco impediu que o veículo saísse. O Motorista, cujo primeiro nome é Francisco foi o único que conseguiu descer do carro e correr para longe das chamas. Dentro do veículo ficaram a esposa dele, Lorena, além da filha do casal, de 14 anos e o neto deles, um menino de 3 anos.
Francisco e sua esposa Lorena foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados ao Hospital de Urgências de Santa Helena – HURSO, mas a filha do casal e o neto deles morreram carbonizados.

As primeiras informações são de que Francisco passa bem e não corre risco de morte, enquanto Lorena sofreu queimaduras graves. Não sabemos ainda o seu estado de saúde neste momento. Por enquanto, ela segue internada no HURSO.