Breaking News

Carreta desgovernada desce rua de ré, arrasta carro e invade loja em Rio Verde


Imagens mostram acidente, que destruiu parte do estabelecimento e deixou uma cliente ferida. Dono relata susto e desespero: 'Poderia ter tido alguma vítima fatal'.


Um acidente envolvendo três veículos destruiu parte de uma loja de materiais elétricos na manhã desta terça-feira (15), em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Câmeras de segurança mostram quando uma carreta carregada com cimento desgovernada desceu a rua de ré, bateu em um carro na calçada, o arrastou e invadiu o estabelecimento (veja vídeo). Uma cliente ficou ferida. Uma das imagens, do lado de fora da loja, mostra a carreta subindo a via, mas perde força. De repente, ela começa a descer de ré. A traseira bate em um Fiat Uno que está estacionado e o arrasta. Uma caminhonete Ford Ranger também foi atingida. Ambos eram de clientes. Em outra câmera, já do lado de dentro, é possível ver que funcionários e clientes. Todos se apavoram e tentam sair correndo. Porém, uma mulher foi atingida e ficou ferida após ser prensada entre o carro e o balcão. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Segundo a TV Anhanguera, ela sofreu uma fratura no quadril, mas não corre risco de morrer. Susto' Dono da loja, o empresário Omar Teixeira Andrade relatou o susto que teve com o acidente. Ele, que aparece de camisa xadrez vermelha no vídeo de dentro do comércio, revela o aviso de um funcionário ajudou a evitar consequências maiores. "Um funcionário meu estava chegando [jovem que aparece na calçada com uma camisa vermelha] começou a gritar. Se ele não tivesse avisado, poderia ter tido alguma vítima fatal. O pessoal correu porque ele gritou", disse ao G1. A sensação, no momento em que tudo aconteceu, foi de desespero. Mas ele não desanima e diz que vai seguir em frente. "A gente corre sem saber o que fazer, para tentar se livrar, mas preocupado com as outras pessoas. A sensação é de susto, mas graças a Deus, fui um privilegiado. Houve só danos materiais e disso a gente corre atrás", pontua. Andrade disse que o caminhoneiro ficou no local "em estado de choque" e que não soube explicar o que aconteceu. A polícia esteve no local para fazer a perícia.