Breaking News

Sete mitos sobre a diabetes que você precisa parar de acreditar




A diabetes é uma doença que afeta milhares de brasileiros, e esse número está crescendo. Mais de 16 milhões de brasileiros adultos tem diabetes, o que representa 8,1% da população. A doença mata mais de 72 mil pessoas por ano no Brasil.
O diabetes é uma das principais causas de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais e está no top 10 das doenças que mais matam.
Apesar de ser uma doenças bastante conhecida pela ciência, ainda existem muitos mitos e mentirar sobre a diabetes circulando pela internet e pela boca do povo.

Mito 1: Pessoas com excesso de peso sempre desenvolvem Diabetes

Diabetes Tipo 1 e Tipo 2 envolvem problemas com a insulina, mas são doenças diferentes.
O Tipo 1 significa que seu corpo não produz insulina suficiente, enquanto o Tipo 2 significa que seu corpo já não o usa efetivamente.
A maioria dos pacientes com diabetes tipo 2 é obeso, mas apenas cerca de um terço das pessoas obesas foram diagnosticadas com diabetes de acordo com o Centro de Controle de Doenças.

Mito 2: os diabéticos devem sempre levar lanches quando saem de casa


Para os diabéticos tipo 1, isso é verdade. O baixo nível de açúcar no sangue pode ser fatal, por isso, ter um lanche em mãos é  importante para ajudar a manter o nível de açúcar no sangue. Para os diabéticos de Tipo 2, isso depende do tipo de medicamento que você está tomando para controlar a doença.

Mito 3: somente pessoas mais velhas desenvolvem diabetes


O diabetes tipo 2 é diagnosticado mais frequentemente em adultos, isso é um fato. Porém, no Brasil, mais de 1 milhão dos portadores desse tipo de diabetes são crianças.

Mito 4: o tratamento do diabetes envolve apenas medicamentos e dieta


Enquanto os medicamentos e a dieta são fatores importantes no controle da diabetes, a prática de exercícios é essencial . Mesmo apenas uma caminha diária pode ajudar a controlar os níveis de insulina.

Mito 5: comer muito açúcar vai te dar diabetes tipo 2


A dieta é um fator importante na diabetes tipo 2, mas a genética, o tabagismo e o sedentarismo desempenham papéis fundamentais também.
Se você está preocupado com os riscos de desenvolver diabetes, fale com seu médico e veja quais testes podem ser feitos.

Mito 6: os diabéticos não podem comer frutas


Os diabéticos precisam estar cientes de quantos carboidratos estão consumindo a cada dia, mas além disso, precisam escolher as fontes certas desses carboidratos.
O fruto é rico em nutrientes e outros compostos que fazem bem. Ter frutas na dieta é importante para ter saúde.

Mito 7: um único tipo de dieta funciona para todos os diabéticos


Quando se trata de saúde, raramente existe uma uma única solução. Uma verdade universal sobre a doença é que você precisa reduzir os alimentos processados, comer mais vegetais e frutas. Mas o que existe além disso depende de cada um.
Um estudo de 2015 mostrou que uma dieta com alto teor de gordura e baixo teor de carboidratos melhorou a estabilidade da glicemia e reduziu a necessidade de medicação para diabetes tipo 2. Enquanto pesquisas de 2013 sugerem que uma dieta mediterrânea também pode levar a um melhor controle de açúcar no sangue, saúde cardíaca e perda de peso.