Jogador da seleção de hóquei é morto com tiro na nuca no litoral e PM é Preso - PALMELO NEWS

Breaking

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Jogador da seleção de hóquei é morto com tiro na nuca no litoral e PM é Preso



Matheus Garcia Vasconcelos Alves, de 24 anos, era também modelo e estudante de Publicidade e Propaganda.


SANTOS - O jovem Matheus Garcia Vasconcelos Alves, de 24 anos, jogador de hóquei que integrou a seleção brasileira no Campeonato Mundial de 2015 na França e também em competições no Uruguai e na Colômbia, foi assassinado com um tiro na nuca nesta segunda-feira, 18, em São Vicente, no litoral sul de São Paulo. O rapaz morava em Santos, cursava o último ano de Publicidade e Propaganda na Universidade Santa Cecília (Unisanta) e trabalhava como modelo.


e acordo com as primeiras informações, Matheus Alves foi abordado na Rua Nicolau Guirão Pérez, no Parque Bitaru, região central de São Vicente, por volta de 21h40. A polícia trabalha com a possibilidade de latrocínio e tenta encontrar o autor do crime a partir de descrições feitas por testemunhas que ouviram o disparo e viram um suspeito vestindo calça preta, casaco de moletom e boné deixar o local de bicicleta em direção à Rua Jacob Emmerich.


A vítima começou a jogar hóquei aos 5 anos no Clube Internacional de Regatas e frequentava o local com a família. Em nota, o clube lamentou o caso e destacou o talento do atleta. "O amor pelos patins falou mais alto e, desde então, ele defendeu a Camisa Vermelhinha em Campeonatos Brasileiros e Paulistas."
A Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação também se manifestou. "Matheus era um atleta de muito talento, que sempre se destacou".

A Unisanta lamentou a morte do jovem e informou que será realizado um Ato Litúrgico pela Paz, in memoriam a Matheus Alves. "Somos solidários com a família e amigos neste momento de dor."

O corpo de Matheus foi velado na Memorial Necrópole Ecumênica e será sepultado às 19 horas.

Detido
Um boletim de ocorrência de homicídio simples foi registrado no 1º Distrito Policial de São Vicente. A polícia chegou a deter um homem de 26 anos com as mesmas características do suspeito, mas ele foi liberado após ser submetido a exame residuográfico.

Policial militar é preso por executar atleta da seleção de hóquei por ciúmes da namorada em SP

O soldado da Polícia Militar Jarbas Colferai, de 23 anos, foi preso por matar o atleta Matheus Garcia Vasconcelos Alves, de 24, em São Vicente, no litoral de São Paulo. Inicialmente, as investigações apontavam para o latrocínio (roubo seguido de morte), mas a Polícia Civil concluiu que foi um crime passional, uma vez que o atirador tinha ciúmes da namorada, que matinha contato com a vítima.
Matheus morreu após ser baleado na nuca na noite de segunda-feira (18). Ele foi encontrado ainda com vida na Rua Nicolau Guirão Perez, no Centro da cidade. O atleta morreu a caminho do Hospital Municipal. Na mão dele, havia um carregador de celular, mas o aparelho não foi encontrado pela polícia na ocasião.
Por meio de nota, a Polícia Civil confirmou que, após 12 horas de investigação, conseguiu identificar o soldado da PM como o responsável pelo crime. "O Comando da Polícia Militar foi acionado e apresentou o soldado à delegacia, lavrando-se os procedimentos legais". Foi solicitada sua prisão temporária.
As reais motivações e as circunstâncias da execução ainda não foram divulgadas oficialmente pela Polícia Civil, que confirma que o policial confessou o crime. O soldado teve o pedido de prisão temporária concedido pelo Poder Judiciário.

Post Bottom Ad

Páginas