Breaking News

Ministério da Educação autoriza curso de Medicina no campus da UFG em Catalão


Documento representa um passo importante para implantação do curso. Primeira turma deve ser aberta no segundo semestre de 2018.


Uma portaria publicada nesta segunda-feira (4) no Diário Oficial da União (DOU) autorizou o funcionamento do curso de Medicina na Regional Catalão (RC) da Universidade Federal de Goiás (UFG). O Ministério da Educação (MEC) aprovou o Projeto Político Pedagógico (PPP) do curso e serão oferecidas 50 vagas anuais. A expectativa é o que ingresso da primeira turma ocorra a partir do segundo semestre de 2018.
Como parte dos esforços para viabilização e implantação do curso, na última quinta-feira (31) foi inaugurado o prédio de anatomia e laboratórios da área de saúde e a universidade obteve, por meio de convênio com o Instituto Médico Legal (IML), a doação de um cadáver que será utilizado nas atividades pedagógicas. A montagem dos laboratórios já teve início com a instalação de cubas próprias para o armazenamento das peças anatômicas.

A direção da Regional Catalão e a reitoria da UFG trabalham agora, junto ao Governo Federal e a lideranças políticas, para que seja realizada a repactuação de vagas para concurso público de professores e técnico-administrativos e para que sejam destinados os recursos orçamentários para o início do curso. O projeto atual destina 20 vagas de professores, número suficiente para o início do curso, no entanto, ainda falta a destinação de vagas para técnicos.

VEJA MAIS
Funcionários da Prefeitura de Iaciara, no nordeste do Estado, são presos por peculato