Breaking News

Carlin Café quer suspender decreto que normaliza transportes privados de passageiros em gyn


Parlamentar precisa de mais 18 votos para que seu projeto seja aprovado

O vereador Carlin Café do Partido Popular Socialista (PPS), deu entrada com onze assinaturas nesta terça-feira (10/10) na sessão da Câmara Municipal do projeto decretado legislativo que suspende o decreto de regulamentação do serviço de transportes privados de passageiros.

O decreto que regulamenta o serviço por aplicativos em Goiânia, foi assinado na última sexta-feira (06/10) pelo prefeito Íris Resende do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).
Segundo o vereador, Íris está em falta de acordo com as ordens contidas no ordenamento jurídico que disciplina a matéria. O vereador ainda acrescenta que ficou surpreso com o decreto.
“Existe uma empresa bilionária que explora esses aplicativos há mais de dois anos sem nenhuma contribuição aos cofres municipais. Por se tratar de um assunto polêmico e sério merece especial atenção desta Casa”, falou Carlin na sessão da Câmara.
A proposta do vereador causou grande discussão na plenária. Outros vereadores presentes fizeram elogios por Carlin tomar a iniciativa. O projeto precisa de 18 votos dos 34 vereadores para ser aprovado em uma única votação.