Breaking News

Tiroteio deixa 4 pessoas feridas durante briga dentro de bar em Bom Jesus de Goiás


Segundo delegado, dois homens começaram a discutir e trocaram tiros. Os dois, além de outros clientes do local foram baleados. Vítimas foram encaminhadas para Itumbiara.



Um tiroteio deixou quatro pessoas feridas durante uma briga dentro de um bar em Bom Jesus de Goiás, na região sul do estado. De acordo com a Polícia Civil, entre os baleados estão dois homens, que já tinham desavenças entre si e começaram uma discussão momentos antes do crime. Um comparsa de um dos autores dos disparos fugiu, mas foi preso minutos depois. Os feridos foram levados para o Hospital Municipal de Itumbiara, também na região sul de Goiás. O G1 entrou em contato por telefone com a unidade às 12h, mas até a publicação desta reportagem a unidade de saúde não havia divulgado boletim médico das vítimas. Conforme o delegado Lucas Santos Finholdt, tudo começou com uma briga entre um cliente armado e o filho do dono do estabelecimento. Segundo o investigador, após o início da discussão, o homem chamou um comparsa e ameaçou matar o rival. “Segundo relato das pessoas que estavam lá, este homem estava embriagado e tentou atirar na vítima, cuja família é dona do comércio. Depois, a vítima tomou a arma do rival, e houve uma confusão, com tiros, facas, não sabemos ainda ao certo a dinâmica. Mas outras duas pessoas foram atingidas e tiveram ferimentos”, contou o delegado. O caso ocorreu por volta das 19h dentro de um bar em Bom Jesus de Goiás. Segundo o delegado, logo após o fato, o comparsa tentou fugir, mas foi preso e autuado em flagrante por tentativa de homicídio. O homem que se envolveu na briga também foi autuado. Ele e o filho do dono do estabelecimento foram atingidos e estão internados no Hospital Municipal de Itumbiara. Conforme o delegado, as investigações ainda vão apontar o que teria motivado esta situação. “Ainda estamos aguardando informações do hospital pra poder também saber quem são os feridos, como eles foram atingidos e o motivo de toda esta confusão”

VEJA MAIS