Breaking News

Documentário afirma que Igreja Universal mantinha rede ilegal de adoção de crianças


Segundo a produção, os netos de Edir Macedo teriam sido adotados neste esquema.

A emissora portuguesa TVI produziu um documentário intitulado “O Segredo dos Deuses”, em que acusa a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) de ter um lar ilegal de crianças, em Lisboa, na década de 90. A série que está dividida em dez episódios, começa a ser exibida nesta segunda-feira (11/12) e relata histórias de diversas mães que não veem seus filhos há mais de 20 anos já que eles teriam sido adotados irregularmente por estrangeiros.

De acordo com a reportagem informativa, a Igreja de Edir Macedo mantinha um abrigo para menores denominado “Lar Universal”, em Portugal. No local, famílias com dificuldade deixavam suas crianças sem o conhecimento de tribunais. Depois de serem entregues, elas eram adotadas de forma irregular por Pastores e Bispos principalmente do Brasil e Estados Unidos.
Após não terem notícias dos filhos, as mães ainda recorreram às autoridades e polícia portuguesa, no entanto, não obtiveram respostas.
“Estas mães literalmente foram roubadas no que diz respeito aos seus filhos, de quem não sabiam há mais de 20 anos. Esta investigação só foi possível ser conhecida 20 anos depois. Agora, algumas pessoas saíram da Igreja, começaram a ver com distanciamento e guardaram, inclusivamente, documentação original daquela altura. É uma história muito grave. Temos histórias complicadíssimas, disse uma das jornalistas autoras da produção, Alexandra Borges, ao Jornal das 8 da TVI.
Investigação
O documentário afirma ainda que os netos de Edir Macedo teriam sido adotados ilegalmente deste lar que integrava a obra social da IURD.
Além disso, de acordo com um comunicado da emissora, a investigação aponta que um “importante membro” da rede roubou um recém-nascido e o registrou como filho biológico.