Breaking News

Em Santa Cruz de Goiás, vereador Nilton vota contra aumento de salário mínimo para funcionalismo público.

Aconteceu nesta terça-feira (16) sessão extraordinária na Câmara de Vereadores de Santa Cruz de Goiás. Entre as matérias discutidas, está o projeto de lei de autoria do Executivo que fixa o valor do salário mínimo da Administração Pública Municipal, adequando ao decreto do Presidente Michel Temer que aumentou para R$ 954,00.



O clima esquentou na Câmara Municipal, na discussão, o vereador Nilton Pereira (PP) votou contra o aumento de apenas R$ 17,00 para o servidores públicos do município. Já o vereador Eduardo Afonso (PP), proferindo palavras de baixo calão e xingamentos, abandonou a sessão plenária sem ao menos votar. Mesmo com a discussão acalorada, o projeto de lei foi aprovado por maioria dos parlamentares.

O salário mínimo é o mais baixo valor de salário que os empregadores podem legalmente pagar aos seus funcionários pelo tempo e esforço gastos na produção de bens e serviços.

Fonte : Estadão Goiano