Breaking News

Radialista é morto por dois homens em Edeia GO

Assassinato de radialista em Edealina.

Aconteceu agora a noite o assassinato do radialista Jefferson Pureza. Segundo DJ Marlon, companheiro de programa e amigo, o radialista foi alvejado por vários disparos por dois homens de moto que fugiram sem destino conhecido, a polícia já está no local para iniciar as investigações.
Jefferson tinha programa diário na Rádio Beira Rio Fm, o radialista era polêmico e estava à frente da emissora à algum tempo.
A rádio foi incendiada à poucos meses, não se sabe ainda o motivo do ato criminoso, Pureza também brigou à alguns dias com o prefeito da cidade.

Um radialista foi morto a tiros nesta quarta-feira (17/01) no município de Edealina, interior do estado. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Jefferson Pureza, de 39 anos, foi atingido por vários disparos de arma de fogo. A vítima trabalhava como radialista em um rádio da região. Até o momento, não há informações sobre a autoria e o motivo do crime.

Segundo a Polícia Civil, o homem conduzia um programa de rádio considerado polêmico no município, mas ainda não é possível dizer se o crime tem ou não ligação com a atividade do profissional.
De acordo com o delegado, Queops Barreto, responsável pelo caso, as investigações já foram iniciadas. “Vamos apurar todas as circunstâncias deste crime e posteriormente tudo vai ser esclarecido com as investigações”, afirmou delegado.
Moradores relataram, em redes sociais, que o radialista estava na área externa de sua casa, junto com a esposa, quando dois suspeitos encapuzados chegaram em uma moto e dispararam várias vezes contra ele.
Ainda segundo o delegado, no ano passado a rádio onde Jefferson trabalhava foi incendiada durante a madrugada, mas até hoje não há informações sobre a autoria do crime.