Breaking News

7 árvores incríveis que viraram atrações turísticas

Para quem gosta de unir natureza e história em suas viagens de férias, estas são algumas das árvores mais encantadoras do planeta e que valem a visita.

Esqueça a “Árvore da Vida” que fica no Animal Kingdom, da Disney, da foto acima.
Ok, ela é super legal, mas é de mentirinha e na verdade é uma plataforma de petróleo por baixo da “fantasia” de árvore, como contei no post que fiz sobre os segredos da Disney que quase ninguém sabe.
Estou falando de árvores de verdade. Árvores que acabaram virando pontos turísticos por algum motivo: seja pela importância histórica, pelo tamanho, pelo formato ou mesmo pela idade bem avançada.
Além da importância simbólica que possuem, as árvores também são em grande parte responsáveis por nossa sobrevivência na Terra. Elas produzem alimento, nos oferecem sombra, oxigênio, entre outras coisas, além de deixar qualquer lugar mais bonito.
Eu sou suspeita para falar sobre o assunto porque amo uma árvore e qualquer cantinho verde. Se pudesse teria milhares de árvores de todos os tipos em casa… mas falta espaço. A última que plantei no meu quintal foi uma oliveira, que já está super adaptada e crescendo lindamente.
Resolvi plantá-la depois de uma temporada na Califórnia, onde encontrei várias oliveiras lindas por todo canto. Foi nesta mesma viagem que fui a um dos lugares mais lindos que já vi, o Joshua Tree National Park (foto abaixo).
Coincidência ou não a grande atração deste parque nacional são as árvores super diferentes (já contei mais sobre esta viagem neste outro post aqui).
Se você também gosta de natureza, que tal aliar sua próxima viagem a uma visita a uma destas incríveis árvores?

1.  General Sherman

Sequoia National Park, Califórnia
Localizada no imperdível Parque Nacional das Sequóias, a General Sherman é a mais famosa do parque por ser considerada a maior árvore do mundo, em volume. Esta sequóia gigante tem 83,8 m de altura e 7,7 m de diâmetro e faz qualquer um ficar pequeninho perto dela. Apesar de não se saber sua idade exata, estima-se que ela tenha entre 2.300 e 2.700 anos _esta espécie costuma viver mais de 3.000 anos.

2. Baobá Prisão

Derby, Austrália
Mais famosa árvore australiana, este baobá de cerca de 1.500 anos leva o nome porque acreditava-se que ele tinha sido usado como prisão para aborígenes no passado. Pesquisadores, porém, já provaram que a história não era verdadeira, mas nem por isso o baobá perdeu importância para os turistas que viajam pela região. Uma cerca foi construída ao seu redor para evitar que vândalos escrevam seu nome no majestoso tronco.

3. Árvore de Tule

Oaxaca, México
Localizada em Santa Maria del Tule, pertinho de Oxaca, esta espécie de cipreste é conhecida por ser a árvore com o mais grosso tronco do mundo. São mais de 35 m de circunferência e é preciso ao menos 17 pessoas de braços esticados para poder abraçá-la. Uma lenda local diz que ela foi plantada pelo deus asteca Pecocha. Apesar de sua idade precisa não ser conhecida, acredita-se que ela tenha mais de 1.200 anos. Como seu tronco é muito grosso, chegou-se a pensar que pudessem ser várias árvores juntas, mas exames de DNA comprovaram que era mesmo apenas uma.

4. Pinheiro Matusalém

Big Pine, Califórnia
Joshua trees, sequóias e um dos pinheiros mais velhos do mundo… a Califórnia parece mesmo ser a casa de algumas das árvores mais incríveis do planeta. O Pinheiro Matusalém, que fica numa floresta em White Mountains, a cerca de 3.000 m de altitude, foi conhecido por muito tempo como o mais velho do mundo, já que cientistas afirmas que ele tenha nada menos do que 4.849 anos. Em 2012, porém, foi descoberta uma outra árvore, na mesma região, com 5.067 anos. Seus galhos retorcidos num cenário maravilhoso fazem do Matusalém uma parada obrigatória para quem visita a região.

5. Árvore da Vida

Bahrein
O Bahrein pode ser um dos lugares que eu não recomendaria ninguém a visitar, como já falei neste post aqui sobre lugares que já fui e não voltaria, mas se você estiver por lá por algum motivo, uma visita a esta árvore é um bom passeio. Conhecida como Árvore da Vida, ela tem cerca de 400 anos e o grande mistério é como ela sobrevive no meio de um deserto onde não há mais nenhuma árvore ao redor e as temperaturas atingem facilmente os 49oC. Acredita-se que suas raízes tenham encontrado um lençol freático no solo para garantir sua sobrevivência. Os moradores locais acreditam que este era o lugar do Jardim do Éden.

6. Major Oak

Nottinghamshire, Inglaterra
Diz a lenda que este enorme carvalho, localizado na Floresta de Sherwood, serviu de abrigo para Robin Hood e seus companheiros _eles teriam dormido em seu interior oco. Verdade ou não, o fato é que esta famosa árvore inglesa tem entre 800 e 1.000 anos e foi votada como “Árvore do Ano” em 2014 por uma pesquisa popular na Inglaterra. Para suportar seus longos e pesados galhos, a árvore recebeu ajuda humana e conta com alguns “braços” de metal. Estima-se que ela pese cerca de 23 toneladas.

7. Maior Cajueiro do Mundo

Pirangi do Norte, Natal
Uma das minhas primeiras memórias de viagem é de um passeio que fizemos para o Nordeste. Natal era uma das paradas e, como não podia ser diferente, uma visita ao Maior Cajueiro do Mundo estava entre as paradas obrigatórias. Com 8.500 m2 de copa, o cajueiro localizado em Pirangi do Norte está registrado no Guinness Book como o maior do planeta. Para observar melhor a árvore gigantesca e seu emaranhado de galhos e cipós, há um mirante. De novembro a janeiro, os visitantes são recompensados com frutos que podem ser colhidos e saboreados.