Breaking News

Mulher e afilhado de ex-vereador são mortos e têm sangue bebido por assassino

A filha do ex-vereador foi poupada pela dupla
Danrley Rodrigues Souza, de 19 anos, Tatiely Correa de Jesus, 26, foram mortos nesta terça-feira (20/03), em Paraúna, com vários golpes de faca. De acordo com informações preliminares, as vítimas ainda foram fotografados enquanto morriam. O crime deixou os habitantes da cidade horrorizados porque um dos suspeitos teria bebido o sangue dos corpos. Danrley era afilhado do ex-vereador e dono de um estabelecimento na rodoviária da cidade. Já Tatiely era esposa do ex-parlamentar. A filha do casal, de dois anos, foi poupada da morte.

Danrley foi rendido e esfaqueado pela dupla em um quarto anexo à casa do ex-vereador. Em seguida, foi levado para dentro do lote onde morava Tatiely. Os acusados colocaram a mulher no quarto com a filha que dormia para que eles pudessem roubar objetos e dinheiro da residência. O afilhado foi colocado na cama do casal, em outro cômodo, onde foi esfaqueado até a morte.
Os suspeitos foram encontrados pela Polícia Militar (PM) após denúncias de pessoas que ouviram Júnio de Souza Batista, 19, afirmar que teria matado duas pessoas no dia anterior. Já Francisco Pereira, 36, foi encontrado escondido em uma mata próximo à cidade de Acreúna. A dupla confessou a autoria do crime.
Em depoimento, o Júnio contou detalhes do massacre. Ele afirmou que foi convidado por Francisco para participar do crime no qual levariam R$ 35 mil e armas de fogo. Entretanto, os acusados encontraram R$ 1 mil, dois celulares, duas facas e uma máquina fotográfica. O jovem apontou ainda que os assassinatos seriam uma vingança contra o ex-vereador, por ter denunciado à polícia depois de um roubo praticado em seu estabelecimento.
Ainda de acordo com o depoimento, após o Danrley ter sido morto. Tatiely que estava em outro quarto pediu para ir ao banheiro o que foi concedido pela dupla. Entretanto quando ela voltava para o quarto ela foi esfaqueada e enquanto agonizava foi estuprada por Francisco que ainda teria bebido o seu sangue.
O suspeito ainda teria jogado açúcar nos ferimentos de Danrley para conter o sangramento. Logo após ele lambeu a mão suja com o açúcar e sangue da vítima. A dupla teria esperado que o comerciante voltasse, mas como ele demorou os acusados fugiram.
O ex-vereador chegou em casa, encontrou os familiares mortos e acionou a polícia.
Latrocínio
Francisco já possui passagem por um assassinato em Correntina-BA, um estupro e um roubo em Paraúna-GO. Entretanto o acusado estava em liberdade.
Com informações de outros portais