Breaking News

Lutador de MMA mata namorada corto o corpo e coloca em sacos de lixo após descobrir traição

A polícia está investigando um assassinato suicida depois que um boxeador supostamente matou sua namorada e a desmembrou por mentir sobre sua virgindade quando eles se encontraram no Tinder. Gary Chu, 28 anos, suspeitava que Yee-min Huang, 27, estava traindo ele com outros homens que ela conheceu através do aplicativo de namoro.



Imagens da CCTV capturaram as imagens finais da vítima Yee-min enquanto ela seguia Chu pelas escadas até o seu apartamento, onde ela foi assassinada antes que suas partes do corpo fossem descartadas em sete sacos de lixo. Chu, um lutador de boxe amador de MMA e treinador de boxe que vive no distrito de Banqiao, no norte de Taiwan, foi encontrado enforcado alguns dias depois. Polícia descobrindo uma nota de suicídio no local com as palavras: "Ela me ofendeu".





O irmão da vítima, Francis Huang, apelou ao público no sábado para ajudar a procurar sua irmã desaparecida, de quem ele disse que não tinha notícias desde 19 de maio. Ele suspeitava que ela estava sendo mantida contra sua vontade por Chu. Mais tarde, no mesmo dia, Chu afirmou em um post no Facebook que "nunca uma vez a machucou ou restringiu sua liberdade", sugerindo que era Yee-min que continuava voltando para ele quando tentava terminar com ela. 




No post, Chu também revelou possíveis motivos para o crime que está sendo acusado, escrevendo: “Depois que nos conhecemos no Tinder, ela mentiu para mim dizendo que era virgem. "Eu me senti enganado e traído quando descobri que ela estava mentindo e também me traindo com outros homens."




O irmão de Yee-min contatou a polícia, que procurou a casa de Chu no distrito de Banqiao e a encontrou vazia. As autoridades então inspecionaram câmeras de vigilância no complexo residencial, que revelou as últimas imagens de Yee-min em 20 de maio. 




Eles também mostraram Chu levando sete sacos de lixo de seu apartamento, dois dias depois, a 1 da manhã jogando as embalagens individuais no jardim de flores de seu complexo. 




No domingo, as autoridades anunciaram que desenterraram os restos espalhados da vítima no canteiro de flores, enquanto o corpo de Chu foi encontrado enforcado em uma árvore às 5 da manhã, perto do Ministério da Saúde e Bem-Estar do Hospital no Distrito de Xinzhuang.