Breaking News

Juíza Marli de Fátima Naves acolhe pedido do MP e interdita parcialmente a Unidade Prisional de Vianópolis


Atendendo pedido feito em ação proposta pelo Promotor de Justiça, Lucas César Costa Ferreira, a juíza de Vianópolis, Marli de Fátima Naves, determinou a interdição parcial da Unidade Prisional de Vianópolis na tarde desta quinta-feira, 16.

A ação civil pública foi proposta pelo promotor após tomar conhecimento de que a  direção da SEAP (Superintendência Executiva de Administração Penitenciária de Goiás) enviou ofício ao Diretor da Unidade Prisional de Vianópolis, João Batista de Brito, informando que os presos em Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis seriam enviados para o presídio da cidade.

Na sua exposição, o promotor disse que a Unidade Prisional de Vianópolis está com ocupação de 112%, de acordo com dados da própria SEAP. Desta maneira, o presidio está super lotado.

Lucas César Costa Ferreira disse que a decisão da SEAP é inoportuna, desproporcional e absolutamente reprovável, pois o eventual encaminhamento dos presos pode resultar em rebelião, mortes e colocará em risco a segurança dos cidadãos que moram na cidade.

Na ação, o promotor solicita que o Estado proíba imediatamente qualquer tipo de encaminhamento ou de recebimento de presos em Vianópolis, que não seja da cidade. E associado a isso, e já mencionando outro problema, o Estado, segundo o promotor, parou de fornecer tornozeleiras eletrônicas. E por isso, o Ministério Público de Goiás solicitou que imediatamente resolva também este problema.

Lucas César Costa Ferreira falando disse que o Estado não ajuda Vianópolis, não manda servidor, não reforma a Unidade Prisional e não faz nada, além de criar mais problemas. E esses problemas, o Ministério Público através desta ação quer afastá-los.


Na entrevista, Lucas César Costa Ferreira destacou a importância do trabalho voluntário dos integrantes do Conselho da Comunidade de Execução Penal de Vianópolis. Essas pessoas, enfatiza ele, deixam suas atividades para trabalhar em prol do cumprimento da lei na comunidade vianopolina.

MINERAR BITCOIN COM CRIPTOTAB BROWSER