Breaking News

Médico é preso acusado de tocar partes íntimas de paciente durante consulta

SMS informou que o profissional foi afastado de suas funções.


Um médico, que não teve a sua identidade revelada, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (15/09) acusado de tocar as partes íntimas de uma paciente durante uma consulta e um Cais de Goiânia. A vítima procurou a unidade de saúde devido sentir dores na garganta. Contudo, durante o procedimento, ela afirmou que o profissional se inclinou e tocou seu órgão sexual. A mulher então saiu do consultório, tentou ser atendida por outro médico, mas não conseguiu. Ela e o esposo, que a aguardava, acionaram a polícia. Em depoimento na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), o profissional negou as acusações. À Tv Anhanguera, a delegada plantonista Laura de Castro Teixeira, informou que o médico pode responder por importunação sexual quando ocorre ato libidinoso sem consentimento da vítima. Ao Diário da Manhã, a Secretaria Municipal de Saúde informou que repudia qualquer atitude que ofenda a dignidade da pessoa humana. Em nota, a pasta afirmou ainda que ao tomar ciência do caso afastou o médico das atividades. Por fim, esclarece que abrirá sindicância para apurar os fatos e que está disponível para contribuir com as investigações da justiça. Com informações do G1 Local



MINERAR BITCOIN COM CRIPTOTAB BROWSER