Breaking News

Governador anuncia fim da 3ª classe para a PM e equiparação salarial para professores

Caiado disse que a mudança na área da educação foi possível graças à reestruturação nas escolas, redistribuindo alunos e servidores.


O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou nesta segunda-feira (28) que enviou projetos de lei para a Assembleia Legislativa para extinguir a 3ª classe nas forças policiais e equiparar os salários dos professores temporários e efetivos. Segundo ele, a medida é uma forma de corrigir injustiças feitas com os servidores públicos. De acordo com o projeto, será extinta a categoria de 3ª classe para a PM e Corpo de Bombeiros, além de promover reestruturação para agentes e escrivães da Polícia Civil e agentes de segurança prisional. Ao todo, 2661 servidores serão impactados com a mudança. Caiado disse ainda que a equiparação salarial entre os professores foi possível devido às mudanças na Secretaria Estadual de Educação, como o fechamento de escolas e redistribuição de alunos e servidores. “Com contratos temporários, nós temos 21.131 professores. Com efetivos, são 19.596”, disse o governador. Com isso, será pago o piso salarial de cerca de R$ 2,4 mil para todos. Atualmente, os temporários recebem R$ 1,7 mil. Além da mudança nos salários, o governador anunciou que vai voltar a pagar o auxílio alimentação no valor de R$ 500 para todos os servidores que recebem salário de até R$ 5 mil.