Breaking News

Ação contra fraude e desvio de dinheiro prende empresários, secretários e assessores da Prefeitura de Pirenópolis

Segundo corporação, são cumpridos oito mandados de prisão e 13 de busca e apreensão. Operação investiga contrato com empresa para limpeza urbana.


A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça -feira (6) uma operação contra fraude em licitação e desvio de dinheiro em Pirenópolis, uma das principais cidades turísticas de Goiás. Segundo a corporação, estão sendo cumpridos oito mandados de prisão contra assessores e secretários da prefeitura, além de empresários, além de 13 mandados de busca a apreensão. Em nota, a Prefeitura de Pirenópolis, em nome do prefeito João do Léo (DEM), informou que está "apurando os fatos da denúncia e assim que todas as informações forem passadas a nós, soltaremos uma nota oficial para o esclarecimento de todos". A nota ressalta ainda que o prefeito "não foi citado na investigação, permanece com os compromissos da sua agenda normalmente e que cabe aos poderes competentes a apuração dos fatos". Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, os presos estão sendo levados para a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), responsável pela ação. Ainda conforme a assessoria, a operação apura fraude em licitação e desvio de dinheiro em contratos do poder público com uma empresa contratada para realizar serviços de limpeza urbana na cidade. Por fim, a corporação informou que só irá dar detalhes sobre a investigação durante uma coletiva de imprensa prevista para quinta-feira (7).