Breaking News

Mãe é presa suspeita de matar e carbonizar corpo de bebê em casa, em Goiânia

Segundo Polícia Civil, vítima tinha traumas nos ossos e pode ter sofrido golpes de machado antes de ser carbonizada. Corpo foi achado em piscina de plástico sob entulhos.


O corpo de um bebê de 1 ano foi encontrado carbonizado dentro de uma piscina de plástico sob entulhos em uma casa no setor Parque Santa Rita, em Goiânia, nesta quinta-feira (21). A mãe foi presa suspeita de matar a filha e colocar fogo no local. Outro filho dela, de 12 anos, foi socorrido e levado para o Cais do Bairro Goiá. De acordo com o Conselho Tutelar, o garoto está estável, relatou ter ficado ao menos cinco dias sem comer e está recebendo soro para combater a desnutrição. Segundo informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil, o corpo tinha marcas de traumas nos ossos. A corporação encontrou um machado com manchas de sangue no quarto da vítima, indicando que ela pode ter sido golpeada antes de ser queimada. O Corpo de Bombeiros informou que encontrou a mãe quase desacordada quando chegou ao local do incêndio. Ela foi socorrida pela corporação, levada a uma unidade de saúde e depois a Polícia Civil a encaminhou à Central de Flagrantes, onde ela está presa.